Frades de profissão temporária renovam seus votos!

“Comecemos irmãos, porque até agora pouco ou nada fizemos!” (São Francisco de Assis)

Esta é uma sentença dita por São Francisco, e reafirmada pelo Custódio, Frei Fernando Aparecido dos Santos, OFM, na homilia da celebração dos votos, que primeiramente se demonstra injusta por todo o trabalho e esforço empenhado no decorrer de um ano, no entanto, nos faz refletir acerca do que realmente é essencial para a vida e trabalho do frade menor, como também na necessidade que continua clamando ao nosso redor.

Desta forma, no último dia 28 de novembro, os Freis Lucas Oliveira e João Paulo Gabriel, emitiram a renovação dos conselhos evangélicos na capela do Convento Santa Maria dos Anjos, em Franca/SP. Já Frei Suelton de Oliveira renovou os votos na cidade de Capaccio, sul da Itália.

Os Conselhos Evangélicos são o que embasam os frades na caminhada rumo à vivência do Evangelho de Jesus Cristo, como assim desejava Francisco que fosse a vida da fraternidade. Não se trata somente de passar mais um ano em obediência, sem nada de próprio e em castidade, mas de configurar a vida à do Cristo, assumindo a sua forma de agir, de se relacionar com o Pai, no cuidado com a sacralidade da igreja, e no respeito e valorização digna dos homens. 

Por isso então que a fala de Francisco, mencionada acima, foi e é tão necessário nessa celebração de compromisso, uma vez que nos fez relembrar toda a caminhada neste ano de 2020, atípico com a vinda do novo coronavírus, e a extrema calamidade sofrida pelo povo de Deus; como também nos fez perceber que de todo esforço empenhado, o dom maior é a luz que recebemos de Deus, e que insistentemente é convidada a iluminar muitos que ainda não a viram.

Portanto, celebrar a renovação dos três votos a Deus, é confirmar com o coração cheio, que acreditamos no propósito de Jesus, e que configurando a ele, nos dispomos à concretude inicial do Reino de Deus aqui na Terra.

Nessa confiança, rogamos a Deus e à Virgem Maria, que continue nos conduzindo neste bom propósito, a fim de que possamos, não somente nós, mas todos os nossos irmãos, caminhar ao reino dos céus.

PAZ e BEM!

Frei João Paulo Gabriel, OFM

2º Domingo da Páscoa: “Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”

Papa Francisco: Os santos nos lembram que a santidade pode florescer em nossas vidas

Papa contra a desigualdade: os direitos humanos são para todos!

O Papa na Segunda-feira do Anjo: encontrar Cristo significa descobrir a paz do coração

Domingo da Páscoa: O sepulcro está vazio, Ele vive!

Mensagem do Custódio em ocasião da Páscoa

Vigília Pascal: “Ele ressuscitou! Não está aqui.”

Mensagem de Páscoa da Irmã Cleusa, presidente da CFFB