Dom Paulo finaliza o retiro dizendo: “O caminho de Jesus é o caminho da cruz e da glória!”

Na manhã desta sexta-feira (23), chegamos ao término de nosso Retiro Custodial. O mesmo teve início na manhã da terça-feira (20), sendo conduzido pelo Bispo Diocesano de Franca/SP, Dom Paulo Beloto.

O mesmo conduziu com maestria e muita simplicidade todos os períodos propostos. E para finalizar com chave de ouro, Dom Paulo ressaltou e deixou como mensagem a todos: “O caminho de Jesus é o caminho da cruz e da glória”. O religioso deve ter claro que sua vida é doação, é serviço, ou seja, é algo para o próximo, não para si mesmo, por isso cruz. Contudo, é caminho de glória, pois quando se doa verdadeiramente, este tem realização na vida e na vocação.

Após a sua fala, nos dirigimos para um momento de reflexão e às 11h00 celebramos a eucaristia. A mesma foi presidida pelo nosso Custódio, Frei Fernando Ap. dos Santos, OFM e logo em seguida, tiramos a foto oficial de nosso retiro.

Desta forma, agradecemos a todos pelas orações e suplicamos que continuem sempre em preces por cada um de nós frades, para que possamos ser fiéis ao propósito de vida que abraçamos, com alegria, compromisso e doação.

Fraternalmente,

Frei Alef Henrique Pavini, OFM

Dom Paulo: “Frades cultivem a vida fraterna!”

O terceiro dia iniciou com a exposição do Santíssimo Sacramento e Laudes, seguido do café da manhã. Às 09h00 demos início a primeira colocação, tendo como base para reflexão o evangelho de Mateus 24, 42-51.

Nesta primeira parte, Dom Paulo reforçou que o radicalismo evangélico é impossível sem uma forte intimidade com Jesus Cristo. Sem isso, não existe fidelidade pelo Reino. Trouxe o seráfico pai como exemplo, quando disse que Francisco experimentou em sua própria vida, essa procura intensa e íntima com o Cristo.

Às quinze horas nos reunimos na capela para a oração da Hora Média e logo em seguida partimos para sedunda colocação do dia. O pregador provocou a todos nós, frades, a cultivarmos a vida fraterna. É nela que externalizamos nossas fraquezas e é por ela que nos purificamos, nos amadurecemos e crescemos na fé.

No início da noite celebramos a eucaristia e Dom Paulo reforçou a importância do carisma franciscano para a Igreja, da audácia em viver a proposta deixada por Francisco. Após o jantar tivemos a noite livre para conversas e partilhas com o Pregador.

Paz e Bem!

Frei Alef Henrique Pavini, OFM

Segundo dia do retiro é marcado pelo convite a buscar a misericóridia de Deus, por meio do sacramento da penitência!

Iniciamos o dia com a exposição do Santíssimo Sacramento e oração das Laudes na capela. Após o café tivemos a primeira colocação do dia com o tema “a vocação dos Doze e a nossa vocação” à luz de Mateus 9,35 / 10,10. 

Jesus chama seus discípulos e os envia para libertar as pessoas dos espíritos impuros, curar as doenças, ressuscitar os mortos e purificar os leprosos. Somos também chamados e enviados por Jesus para colaborarmos no anúncio do Reino de Deus. O retiro é uma ocasião para revermos as etapas de nossa vocação e com autenticidade e fidelidade renovar nosso seguimento do Senhor dentro do carisma franciscano.

Dom Paulo Beloto convidou-nos à um exame de consciência e aproveitarmos o retiro para nos encontrarmos com a misericórdia de Deus pelo sacramento da confissão. Às quinze horas nos reunimos na capela para a oração da Hora Média,  depois prosseguimos com uma reflexão sobre a importância da oração e da Eucaristia na vida do consagrado.

Às dezoito horas celebramos a missa com partilha sobre a nossa vivência eucarística.  Depois do jantar, encerramos o dia rezando a Coroa Franciscana das Alegrias de Nossa Senhora.

Paz e Bem!

Frei Joaquim Camilo Alves, OFM

Frades se reúnem no Convento Santa Maria dos Anjos de Franca/SP, para o Retiro Custodial

Na manhã desta terça-feira (20), no Convento Santa Maria dos Anjos de Franca/SP, parte dos frades franciscanos de nossa Custódia deram início ao Retiro Custodial deste ano. O retiro era previsto para o início de julho, mas por conta da situação da pandemia do COVID-19, os responsáveis acharam por bem adiar, sendo definido como data a semana presente.

O pregador convidado é Dom Paulo Beloto, Bispo Diocesano de Franca/SP.  Dom Paulo neste primeiro dia destacou a importância do batismo e motivou os frades a darem mais importância a data do próprio batismo, pois é por meio dele que nos tornamos pessoas novas, no Cristo, centro da fé cristã.

Infelizmente não puderam vir todos os frades de nossa fraternidade custodial, devido a pandemia, pois parte dos frades pertencem ao grupo de risco. Contudo, a secretaria de comunicação de nossa Custódia providenciou a transmissão de todos os momentos do retiro, via canal Fraternizar SCJ, sendo restrito apenas aos frades.

O retiro perdura até a parte da manhã de sexta-feira (23) e após o almoço, os frades se reunirão para uma assembleia consultiva, para resolverem questões próprias da entidade. Assim sendo, rogamos a Deus que abençoe a todos os frades reunidos, bem como a todos os que não puderam estar presentes, e que pela ação do Espírito Santo, estejam abertos a este tempo de pausa e reflexão sobre a própria vida e vocação.

Fraternalmente,

Frei Alef Henrique Pavini, OFM