Aconteceu em Olímpia/SP o encontro dos vocacionados admitidos para o Aspirantado 2022

Neste último final de semana (03 a 05/12), aconteceu em nosso Convento São Boaventura de Olímpia/SP, o encontro dos vocacionados admitidos para adentrarem a nossa Custódia no próximo ano, no Aspirantado 2022.

O aspirantado é a primeira etapa formativa dos candidatos à Vida Religiosa Franciscana e em nossa Custódia, e por decisão do Congresso Capitular, a vivência desta etapa acontecerá no Convento Santa Maria dos Anjos, em Franca/SP.

Depois de serem acompanhados pelo SAV (Serviço de Animação Vocacional) e terem participado dos encontros vocacionais, 7 jovens foram aprovados pelo SAV, depois pelo Secretariado para a Formação e os Estudos, e posteriormente pelo Conselho Custodial; para ingressarem em nosso processo formativo.

O encontro dos admitidos tem como objetivo, animar os vocacionados na decisão de ingressar no processo formativo, instruir sobre as questões práticas necessárias ao ingresso e sanar qualquer dúvida ainda existente.

Reguemos a Virgem Maria, mãe das vocações, que interceda por esses jovens, para que sejam fiéis e perseverantes no “SIM” dado a Deus!

Frei Eduardo Augusto Schiehl, OFM (Coordenador do SAV)

Convento Santa Maria dos Anjos de Franca/SP, acolheu os jovens vocacionados para o último encontro vocacional do ano

“E Sejam chamados Frades Menores” 

Aconteceu no Convento Santa Maria dos Anjos de Franca /SP, dos dias 29 a 31 de Outubro, o último Encontro Vocacional Franciscano deste ano. Dez jovens foram acolhidos em nossa Fraternidade para refletirem sobre sua vocação, bem como conhecer mais a vida de São Francisco de Assis.

O objetivo deste encontro foi proporcionar aos jovens uma experiência concreta da vida daqueles que desejam seguir mais de perto os passos de Francisco: na fraternidade, no trabalho, na oração, na vivência do dia-a-dia e na simplicidade do nosso modo de vida.

O encontro contou com a presença dos Frades que fazem parte do SAV: Frei José Aécio, Frei José Luiz, Frei Emanuel, Frei Eduardo, Frei Pedro, Frei Lucas Oliveira e Frei Cristiano. Os formandos das etapas do Aspirantado e Postulantado também marcaram presença no Encontro. Ressaltamos a presença significativa do Secretário para a Formação e os Estudos, Frei Valdemir Nelo Rufino, OFM e do nosso Custódio, Frei Fernando Aparecido dos Santos, OFM, que acolheram os vocacionados e apresentaram a eles um pouco da realidade da nossa Custódia.

Durante este ano, o Serviço de Animação Vocacional (SAV) de nossa Custódia reuniu-se com estes jovens de forma virtual por conta da pandemia (COVID-19), e agora foi possível acolhê-los e conhecê-los pessoalmente.

Rendemos Graças a Deus pelo SIM generoso e alegre de cada vocacionado, que desejam somar forças e engrossar as fileiras de nossa Família Franciscana, em Obediência, sem Nada de próprio e em Castidade!

PAZ e BEM!

Daniel Barreto (Aspirante)

Lideranças jovens das nossas frentes de evangelização se reúnem com o SAV Custodial e Irmãs Franciscanas

O carisma franciscano é viver o Evangelho na fraternidade e no desejo de atualizar o projeto de Deus na vida e na realidade onde estamos. Por isso, cabe a cada um de nós o passo necessário para garantir uma sociedade e uma Igreja de irmãos. Assim, unidos como frades e irmãs que vivem o carisma franciscano, o Serviço de Animação Vocacional deu mais um passo na proximidade com nossas juventudes.

Depois de ouvirmos suas expectativas, frustrações e alegrias, fizemos nesse domingo, 12 de setembro, mais um encontro para partilhar a vida franciscana e programar as atividades que teremos com as juventudes onde estamos presentes como franciscanos e franciscanas.

Participaram desse momento os frades animadores vocacionais da nossa Custódia, as animadoras vocacionais das Irmãs Franciscanas da Penitência, Irmãs Pequenas Missionárias Eucarística, Irmãs Franciscanas de Cristo Rei e os coordenadores de cada grupo de jovens onde estamos presentes, os frades e as irmãs.

A intenção é assumirmos o chamado do papa Francisco para perceber que a Juventude “é o agora de Deus” e por isso podemos caminhar juntos no processo de despertar, discernir e acompanhar a vocação desses jovens. A vocação, segundo o papa na exortação apostólica pós-sinodal Christus Vivit, “pode ser entendida em sentido amplo como chamado de Deus. Inclui a chamada à vida, a chamada à amizade com Ele, a chamada à santidade”.

Estamos juntos nessa travessia! Que São Francisco e Santa Clara sejam sempre referências na construção de fraternidade, proximidade, empatia e sobretudo seguimento de Jesus Cristo, construindo a Paz e a Justiça.

Deus nos abençoe e nos faça perseverantes na caminhada!

Fraternalmente,

Frei José Aécio de Oliveira Filho, OFM

“É agosto! É mês Vocacional!” – SAV Custodial prepara série para mês vocacional

Iniciamos hoje o mês de Agosto e o grito que ecoa na Igreja é um ato de louvor e uma prece de esperança. Louvor a Deus que confia na humanidade e continua chamando homens e mulheres ao serviço do Amor. Uma prece de esperança para que mais corações se abram ao toque de Deus e assumam na Igreja um modo explícito de ser Evangelho no mundo.

É Agosto! É mês vocacional!

Por isso, nós, os frades, freiras, juventude, irmãs e irmãos seculares, Franciscanas e Franciscanos, queremos chegar até você com nossa alegria de ser de Deus e nossa simplicidade de viver como irmãs e irmãos em São Francisco e Santa Clara de Assis e partilhar o nosso vigor, seja na vida religiosa consagrada ou secular.

Nos acompanhe todos os dias desse mês e reze conosco pelas vocações Franciscanas.

E você jovem, que sente no coração o inquieto desejo de aproximar de nós e conhecer a nossa vida, não tenha medo, ou vergonha. Há espaço para todo mundo e te esperamos com alegria. Afinal, “conhecer não te compromete, acertar te realiza”.

O Senhor nos dê a sua Paz!

Frei José Aécio de Oliveira Filho, OFM (Animador Vocacional)


ACOMPANHE CONOSCO:

Série: “A gente pode ser muito mais feliz, seguindo o exemplo de Francisco de Assis” 

01 – APRESENTAÇÃO

Para assistir aos próximos vídeos, acesse: FRATERNIZAR SCJ


ENTRE EM CONTATO CONOSCO, CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS E NOS ACOMPANHE!

Chega ao término, o “Tríduo Vocacional” em preparação para a Ordenação Diaconal de Frei Alef Pavini, OFM

Na noite de quinta-feira, dia 22 de Julho, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Marília/SP, aconteceu a celebração do 3º dia do Tríduo Vocacional em preparação à Ordenação Diaconal do Frei Alef, OFM, da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

Na ocasião, Frei João Boga, OFM da Fraternidade de Uberaba/MG foi convidado à presidir a celebração eucarística. Junto com ele concelebrou o Frei Joaquim Camilo, OFM e ainda outros confrades

A noite teve como tema: “Vocação Ministerial, proclamar com amor o Senhor ressuscitado”. A homilia foi feita pelo frei Joaquim, OFM discorrendo sobre a temática do Diaconato como serviço de entrega total ao evangelho, dentre os exemplos que trouxe, vale destacar o de Maria Madalena, na celebração de sua memória, aquela que acompanhou de perto o ministério de Jesus até aos pés da cruz, sendo a primeira testemunha da ressureição. Aquela que dando o firme testemunho de fé: “EU VI JESUS!” nos ensina a também dar esse vivo testemunho.

Agradeçamos a Deus por este último dia do tríduo, pela graça da partilha, comunhão e oração, e roguemos a Deus, por intercessão de nossa beatíssima mãe Maria Santíssima e nosso pai Seráfico São Francisco de Assis, que abençoe e conduza os passos deste nosso irmão, Frei Alef, que de forma generosa e alegre se prepara para entregar sua vida ao Serviço do Evangelho pelo Ministério do Diaconato.

PAZ e BEM!

José Carlos (Postulante)

Frei Manoel, OFM: “Cultive a espiritualidade e a constante busca de reinventar-se na medida em que vão surgindo os desafios, neste seguimento de Cristo!”

Na noite de quarta-feira, dia 21 de Julho, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Marília/SP, aconteceu a celebração do 2º dia do Tríduo Vocacional em preparação à Ordenação Diaconal do Frei Alef, OFM, da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

Na ocasião, Frei Manoel Barbosa, OFM da Fraternidade de Araguari/MG foi convidado à presidir a celebração eucarística. Veio com ele o Diácono Lúcio, que desempenha seu ministério ordenado na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Araguari/MG.

A noite teve como tema: “Vocação Religiosa – com alegria semear o amor”, e de forma dinâmica e simples, Frei Manoel ajudou-nos a refletir sobre as alegrias e os desafios da vida consagrada, desde os primeiros anos da formação, bem como o longo tempo de preparação, oração e discernimento que envolve o processo formativo do vocacionado à vida consagrada, e ressaltou também a importância do cultivo da espiritualidade, da oração e da constante busca de reinventar-se na medida em que os desafios do seguimento à Cristo vão surgindo ao longo do caminho.

Agradeçamos a Deus por estes dias de festa, comunhão e oração, e rogamos a Deus, por intercessão de Maria Santíssima e São Francisco de Assis, que abençoe e conduza os passos deste nosso irmão, Frei Alef, que de forma generosa e alegre se prepara para entregar sua vida ao Serviço do Evangelho pelo Ministério do Diaconato.

PAZ e BEM!

Daniel Barreto (Aspirante)

Franciscanos iniciam o Tríduo Vocacional em preparação para a Ordenação Diaconal de Frei Alef Pavini, OFM

No dia 20 de julho de 2021 , aconteceu na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Marília/SP, a primeira noite do tríduo em preparação para Ordenação Diaconal do Frei Alef Henrique Pavini, OFM, da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

A celebração foi presidida pelo Frei Nivaldo Pasqualim OFM, pároco da paróquia do Sagrado Coração de Jesus, em Bebedouro/SP. Neste primeiro dia do tríduo refletiu-se sobre o tema: “Vocação Batismal – primeiro compromisso de amar e cumprir a vontade do Pai.” Na sua homilia Frei Nivaldo ressaltou sobre a importância do Batismo para a igreja, sendo o primeiro sacramento da nossa fé, o primeiro chamado a vida cristã e a santidade.

Estiveram presentes alguns frades da Custódia, aspirantes, postulantes, e uma representação das nossas paróquias em Marilia, Garça, Bebedouro e Ribeirão Preto.  Com grande entusiasmo, participamos da alegria do Frei Alef, que se prepara para receber o primeiro grau do sacramento da ordem.

Unamo-nos em espírito de fraternidade e oração para este momento tão especial, pedindo a intercessão de São Francisco e da Virgem Maria, para que ele possa viver de modo fecundo o seu ministério, no anuncio da palavra e o serviço da caridade.

PAZ e BEM!

Jarder Rodrigues (Postulante) / Ariel Altman (Aspirante)

“Vocação: Graça e Missão” é o tema do 3º Ano Vocacional do Brasil, que acontecerá em 2023

Em abril deste ano, por unanimidade, a 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) aprovou a realização do terceiro Ano Vocacional da Igreja no Brasil em 2023, que deverá ser celebrado de 20 de novembro de 2022 a 26 de novembro de 2023. A iniciativa comemora os 40 anos do primeiro ano temático dedicado à reflexão, oração e promoção das vocações no país. A proposta foi apresentada pela Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB.

À época, o bispo de Tubarão (SC) e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados, dom João Francisco Salm, disse que o Ano Vocacional de 2023 dará continuidade a um processo iniciado em 1983, quando foi celebrado o primeiro ano vocacional do Brasil. Naquela oportunidade, a iniciativa “favoreceu e ampliou o reconhecimento de que toda a comunidade cristã é responsável pela animação, cultivo e formações das vocações”. O bispo também elencou vários frutos que surgiram como a dinamização dos Serviços de Animação Vocacional e da Pastoral Vocacional e a produção de subsídios.

Após a aprovação, a Comissão Central do Ano Vocacional recebeu várias sugestões de temas para o Ano Vocacional. As sugestões, segundo o assessor da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, padre João Cândido Neto, manifestaram um anseio muito forte de uma Igreja mais unida (sinodal), mais missionária, mais diaconal e mais próxima das pessoas.

Nas reflexões feitas em algumas dessas reuniões, um outro ponto muito claro, segundo o padre João Cândido Neto, é que o Ano Vocacional deve tratar da vocação no seu sentido mais profundo e mais amplo (abrangente), pessoal e comunitário.

“Deve promover com muita clareza a identidade das mais diversas vocações específicas na Igreja (somos um povo de vocacionados e vocacionadas).  Deve, ao mesmo tempo, superar tanto uma visão reducionista (excludente, de privilégio e clericalista) de vocação, como uma generalização descorada que não impacta o indivíduo a quem, na verdade, “Deus chama pelo nome”. Vocação pessoal e Igreja (como comunidade de vocacionados e vocacionadas) são inseparáveis”, disse.

Inspirado no Documento Final do Sínodo dos Bispos sobre Os jovens, a fé e o discernimento vocacional” e considerando as sugestões e reflexões nas várias reuniões, a Comissão escolheu e divulgou nesta terça-feira, 13 de julho, como tema do Ano Vocacional 2023 “Vocação: Graça e Missão” e o lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33). 

A escolha do tema e lema

O tema “Vocação: Graça e Missão” se fundamenta na afirmação de que “a vocação aparece realmente como um dom de graça e de aliança, como o mais belo e precioso segredo de nossa liberdade”, conforme o Documento Final de nº 78.

Já o texto bíblico iluminador Jesus chamou e enviou os que ele mesmo quis (cf. Mc 3, 13-19)” ajuda a aprofundar que a origem, o centro e a meta de toda a vocação e missão é a pessoa de Jesus Cristo.

“Encarar o desafio de uma espiritualidade para o Ano Vocacional: “vocação” é iniciativa de Deus, é mistério, é graça, é experiência de encontro com Jesus, é fascínio e alegria, é assombro, é sensibilidade ao apelo, é inconformidade, é resposta pessoal, é envolvimento comunitário, é missão, é tarefa, é serviço, é disposição para o sacrifício, é entrega da vida, é coragem e determinação, é esperança e convicção firme, é testemunho de fé: é “espiritualidade” como a que moveu o próprio Jesus e marcou sua personalidade, imprimindo-lhe caráter e identidade”, disse a Comissão organizadora.

O lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33) fala do coração e dos pés. Recorda os discípulos de Emaús. O coração que arde ao escutar a Palavra do Ressuscitado e os pés que se colocam a caminho para anunciar o encontro com o Cristo.

“Desejamos que o Ano Vocacional ajude cada pessoa a acolher o chamado de Jesus como graça, seja uma oportunidade para que mais e mais corações ardam e que os pés se ponham a caminho, em saída missionária”, finalizou a Comissão.

Principais eventos vocacionais da Igreja do Brasil e do Continente

1983: o 1º Ano Vocacional do Brasil, com o tema e lema “Vem e segue-me” (Mt 19,21; Mc 10,21; Lc 18,22).

1994: o 1º Congresso Continental Latino-Americano de Vocações (Brasil), com o tema “A Pastoral Vocacional no Continente da Esperança”.

1999: o 1º Congresso Vocacional do Brasil, com o tema “Vocações e Ministérios para o Novo Milênio” e o lema “Coragem! Levanta-te, Ele te chama” (Mc 10, 49b).

2003: o 2º Ano Vocacional do Brasil, com o tema “Batismo, fonte de todas as vocações” e o lema “Avancem para águas mais profundas” (Lc 5,4).

2005: 2º Congresso Vocacional do Brasil, com o tema “Igreja, Povo de Deus a serviço da vida” e o lema “Ide também vós para a minha vinha” (Mt 20,4).

2010: 3º Congresso Vocacional do Brasil, com o tema “Discípulos missionários a serviço das vocações” e o lema “Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações” (Mt 28,19).

2011: 2º Congresso Continental Latino-Americano e Caribenho de Vocações (Costa Rica), com o tema “Chamados a lançar as redes para alcançar a vida plena em Cristo” e o lema “Mestre, em tua Palavra lançarei as redes” (Lc 5,5).

2014:  Simpósio Vocacional do Brasil, com o tema “Ide e anunciai! Vocações diversas para uma grande missão”.

2019: o 4º Congresso Vocacional do Brasil, com o tema “Vocação e Discernimento” e o lema “Mostra-me, Senhor, os teus caminhos” (Sl 25,4).

Fonte: CNBB

SAV e Irmãs Franciscanas: “Vocação” à Vida, à amizade com Deus e à Santidade, marcam o encontro com os jovens e adolescentes de Louveira/SP

Encontro com os jovens e adolescentes de Louveira/SP, via Google Meet

Com o desejo de aproximarmos sempre mais das juventudes e adolescentes, também respondendo ao apelo do papa por ocasião do Sínodo das Juventudes em 2019, de discutirmos sobre Vocação, nos reunimos na tarde do dia 26 de junho (sábado), de forma remota, pelo Google Meet, com os adolescentes e jovens da cidade de Louveira/SP, onde estão presentes as Irmãs Franciscanas da Penitência.

Participaram deste encontro representantes do SAV das Irmãs Pequenas Missionárias Eucarísticas, da nossa Custódia Franciscana (OFM) e das anfitriãs, Irmãs Franciscanas da Penitência.

Foi uma oportunidade de conversarmos com os adolescentes e jovens sobre “Vocação”, tomando como referência o documento “Christus vivit”, do papa Francisco. O encontro foi coordenado pelas irmãs Franciscanas da Penitência e a Irmã Lucelaine, Pequena Missionária Eucarística, nos brindou com o tema numa reflexão bastante interessante, com linguagem acessível e profunda. Depois tivemos oportunidade de deixarmos nossa mensagem também.

A grande provocação do Papa Francisco e que ficou destacada neste encontro é percebermos a “Vocação” como um chamado de Deus primeiro à vida, depois o chamado à Amizade com Ele e por fim, o chamado à Santidade. Finalizamos o encontro desejosos de que todos, sobretudo os adolescentes e jovens, possam reforçar a certeza do Amor de Deus e construírem sua vocação com capacidade de responder às necessidades do mundo e interferir com autenticidade na realidade que estão inseridos.

Que Deus nos ajude nessa missão de animar as vocações e provocar a todos na construção de uma cultura vocacional, que proporcione ao outro a realização pessoal e o encontro com o Senhor e seu projeto de amor.

Frei José Aécio de Oliveira Filho, OFM (Coordenador – SAV)

SAV se reúne de maneira remota para avaliação e planejamento

Equipe do Serviço de Animação Vocacional (SAV) de nossa Custódia

Nesta última quarta-feira (23), aconteceu a nossa reunião de avaliação do primeiro semestre e planejamento do restante do ano. Devido a pandemia, a reunião aconteceu de maneira remota, via Google Meet.

Na parte da manhã, contamos com a presença das Irmãs Franciscanas da Penitência e das Irmãs Pequenas Missionarias Eucarísticas. Refletimos e avaliamos as ações, trabalhos e bate-papos realizados até então. Também já nos programamos para dar continuidade neste caminho vocacional, acompanhando nossos jovens, buscando trazer e mostrar a mística, carisma e o jeito de “Ser Franciscano” do cotidiano das nossas vidas.

SAV com as Irmãs Franciscanas da Penitência e Irmãs Pequenas Missionárias Eucarísticas

Durante a tarde, nós frades do SAV, demos continuidade em nossa avaliação e explanação do serviço que prestamos em nossa Custódia e a partir daí, elencamos pontos que devemos melhor nos empenhar para o bom êxito do trabalho e discernimento dos jovens, dos quais somos “todos nós corresponsáveis”. Traçamos metas para o segundo semestre, pensamos trabalhos mais eficazes para a nossa juventude, refletindo sobre “vocação” de uma maneira mais ampla e consciente.

Por fim, a equipe do SAV agradece a atenção e dedicação de cada religioso(a). Rogamos a Deus que possamos ser os primeiros a testemunhar com a própria vida o ideal franciscano e assim, provocar jovens a abraçarem o seguimento de Cristo, ao modo de Francisco e Clara.

Por intercessão de São José, patrono das casas de formações; que ele nos guarde e proteja!

São José, rogai por nós!

Fraternalmente,

Frei Cristiano Nobre de Oliveira, OFM