Frei Emanuel Fernandes, OFM e Frei Pedro Neto, OFM, celebram a Festa de Nossa Sra. dos Anjos em Assis/Itália

Frei Pedro Alves Neto, OFM e Frei Emanuel Fernandes Pereira, OFM em frente a Basílica de Santa Maria dos Anjos em Assis/Itália

Hoje, 02 de agosto, celebramos uma das festas franciscana mais importante, pois ela tem dois caráteres celebrativo nas quais se unem no sentido mais puro e de grande graça concedida a todos nós, filhos de Deus. Foi São Francisco, o poverello de Assis, quem nos presenteia essa festa dupla:

  • Celebra-se a Festa de Santa Maria dos Anjos, padroeira da pequenina igrejinha que está na planície da cidade de Assis, na Itália, cidade de São Francisco. Para nós franciscano, é a queridíssima Igrejinha da Porciúncula. Porciúncula, vem do latim Portiuncŭla (partizinha) diminutivo de Portio (parte/porção), no italiano (particella e particola), e especificamente, no caso da igrejinha, piccola particella di terra (pequena partezinha/porçãozinha de terra). Lugar caríssimo para São Francisco e seus confrades. Foi ali que nasceu o movimento franciscano, e onde morreu São Francisco, e é ali onde emana toda a fidelidade e amor fraternal (irmãos) e sororal (irmãs).
  • O outro caráter em que se celebra é a Indulgencia Plenária ou conhecido franciscanamente como o Perdão de Assis concedido a todos e todas que entram nesse lugar, pois, tendo São Francisco, certo dia, em uma de suas orações na Porciúncula, pediu a Deus pela alma dos pecadores e teve uma visão de Cristo e de Maria rodeados de anjos. Francisco pediu a Jesus o perdão dos pecados para todos que visitassem a Igrejinha da Porciúncula. Tendo Jesus concedido, Francisco parte em visita ao Papa Honório III para a concessão de sua permissão para celebrar o perdão de Assis.

E com alegria, dois de nossos frades da Custódia, Frei Pedro e Frei Emanuel, partilham conosco desse momento maravilhoso para nossa vocação e espiritualidade. Os Freis estão lá em Assis desde domingo e acompanham os festejos dedicado a esse santo lugar e contribuem conosco de suas experiências.

A festa de hoje, de Nossa Senhora dos Anjos, é precedida de um novenário no qual são preparadas belas orações e procissões das luzes com a Madonna degli Angeli todas as noites. No dia 02 de agosto, dia da grande festa, um dos pontos principais, além das Santas Missas e as orações canônicas (Liturgia das Horas), acontece, também, a chegada de multidões, principalmente os que fazem a Marcia Francescana (Marcha Franciscana) advindas de todos os lugares da Itália.

A Marcia Francescana é organizada anualmente pelas Províncias Franciscanas, onde numerosos frades e irmãs franciscanas organizam com os jovens, adultos e famílias. O itinerário é diverso, cada um saindo de suas regiões e parando em lugares estratégicos onde são acolhidos, descansam, comem, banham-se e seguem, caminhando em muitas partes e outras em veículos, tudo isso durante nove dias, iniciando dia 25 de julho, até o dia da festa, 02 de agosto.

É importante ressaltar que, durante as paradas tem uma muito significativa, onde passam por La Verna (Monte Alverne), lugar em que São Francisco foi impresso pelos Sagrados Estigmas/Chagas de Jesus. Lá repousam, rezam e fazem um dia de retiro para fortalecer a fé e vocação.

E por fim, para alimentarmos nossa formação e informação, nesse lugar, Porciúncula, Francisco celebrou com seus irmãos os Capítulos Gerais e dali aconteceu a expansão da Ordem para além-fronteiras. Por isso, vos deixo um importantíssimo trecho de um texto franciscano, do hagiógrafo do Santo, Tomás de Celano, onde Francisco exortou:

“Meus filhos, vede, não abandoneis nunca este lugar. Se dele vos expulsarem por uma porta, entrai logo por outra, porque este lugar é verdadeiramente santo e Deus tem nele a sua morada. Foi aqui, sendo nós ainda poucos, que o Altíssimo nos multiplicou; aqui iluminou Ele com a sua sabedoria os corações dos seus filhos pobrezinhos; aqui acendeu o fogo do seu amor em nossas vontades. Quem neste lugar orar com devoção alcançará o que pedir, e quem o profanar será punido com maior severidade. Por isso, meus filhos, considerai como digno de todo o vosso respeito este lugar onde Deus habita e nele ao Senhor erguei o coração com vozes de louvor e ação de graças.” (1Cel, 106)

Caríssimo irmão e irmã, desejamos boas festas franciscana do Perdão de Assis e de Santa Maria dos Anjos que, juntos, mostram o rosto materno de Deus e sua misericórdia que emana a todas e todos nós sem cessar. De Assis, nossos confrades, Pedro e Emanuel, saúdem a cada um e cada uma, rezam por nós e nos desejam boa vida em Cristo Jesus.

PAZ e BEM!

Texto: Frei Suelton Costa de Oliveira, OFM
Entrevistados: Frei Pedro Neto, OFM e  Frei Emanuel Fernandes Pereira, OFM

Santa Maria dos Anjos: 2 de agosto, dia do Perdão de Assis!

Imagem Ilustrativa (Fonte): CFFB

No calendário litúrgico franciscano, o dia 2 de agosto é dedicado à celebração da Festa de Nossa Senhora dos Anjos, popularmente conhecida como “Porciúncula”. Na introdução do texto litúrgico do missal e da liturgia das horas, se diz o seguinte:

“O Seráfico Pai Francisco, por singular devoção à Santíssima Virgem, consagrou especial afeição à capela de Nossa Senhora dos Anjos ou da Porciúncula. Aí deu início à Ordem dos Frades Menores e preparou a fundação das Clarissas; e aí completou felizmente o curso de seus dias sobre a terra. Foi aí também que o Santo Pai alcançou a célebre Indulgência , que os Sumos Pontífices confirmaram e estenderam a outras muitas igrejas. Para celebrar tantos e tão grandes favores ali recebidos de Deus, instituiu-se também esta Festa Litúrgica, como aniversário da consagração da pequenina ermida”.

A propósito da Porciúncula, o Santo Padre se expressou recentemente nos seguintes termos: “O caminho espiritual de São Francisco teve início em São Damião, mas o verdadeiro lugar amado, o coração pulsante da Ordem, onde a fundou e onde, por fim, entregou sua vida a Deus, foi a Porciúncula, a ‘pequena porção’, o cantinho junto à Mãe da Igreja; junto a Maria que, por sua fé tão firme e por seu viver tão inteiramente do amor e no amor com o Senhor, todas as gerações a chamarão bem-aventurada.”

A Porciúncula foi o berço da fraternidade Franciscana e nesta tão bela ermida o Santo de Assis viveu as maiores experiências de sua vida como frade menor, na Porciúncula teve início à Ordem dos Frades Menores e a ali preparou a fundação das Clarissas, neste lugar ele completou felizmente o curso de sua vida e missão sobre a terra. Foi aí, também, que o Santo de Assis alcançou a célebre Indulgência Plenária da Porciúncula que os Sumos Pontífices confirmaram e estenderam a outras muitas Igrejas. Era seu desejo poder celebrar tantos e tão grandes feitos ali recebidos do Senhor da misericórdia.

Frei Régis Daher, OFM


ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DOS ANJOS.

Ó Nossa Senhora, dos Anjos, na pequena Igreja da Porciúncula,

São Francisco recebeu as vossas bênçãos generosas juntamente com sua Ordem. Ele depositara na vossa presença materna uma grande confiança e devoção, sendo atendido em seus pedidos. Continuai a dispensar os vossos favores sobre nós e sobre nossas necessidades particulares.

Nós vos suplicamos, dai-nos a graça da penitência e de Deus o perdão dos pecados, a correção de nossas más inclinações e fortalecimento nos momentos de fraqueza. Quantos recusam a salvação e preferem caminhar nas trevas do erro! Tudo é possível para aquele que crer, para aquele que se arrepender!

Vós, ó Mãe, manifestastes a São Francisco o grande desejo de reconciliar os pecadores com Jesus, que se entregou em uma cruz para nos salvar. Rogai por nós, agora e na hora de nossa morte. Por isso, com todos os anjos do céu, vos saudamos: Ave Maria …

Fonte: Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

Fraternidades de Franca/SP e Ribeirão Preto/SP se reúnem para Retiro Espiritual

Franca (SP) – Imbuídos da mística franciscana e conduzidos pelo Espírito Santo, os frades residentes no Regional Nordeste do território da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus, estiveram reunidos para a vivência regional do Retiro Espiritual, realizado em uma chácara na cidade de Franca/SP.

Estiveram presentes os frades que compõem as seguintes fraternidades: Fraternidade São Judas Tadeu (Sede Custodial), a Fraternidade Santa Maria dos Anjos (Convento Franciscano), ambas de Franca/SP e a Fraternidade Santo Antônio Maria Claret e Frei Galvão de Ribeirão Preto/SP.

Iniciou-se o retiro com a oração do Espírito Santo e logo em seguida, foram propostos dois materiais para leitura e reflexão. O primeiro foi a Carta do Ministro Geral, enviada após o Capítulo Custodial, celebrado em novembro de 2021. O outro material, foi um compilado de passagens das Fontes Franciscanas, onde relatam e refletem acerca do Berço da Ordem, a Porciúncula, Santa Maria dos Anjos, que celebramos no dia de hoje (02), dia do Perdão de Assis.

Terminadas as leituras e reflexões, concluímos a parte da manhã com a oração da Hora Média. Após, foi organizado o almoço e a tarde ficou livre para convivência, lazer e descanso, vivendo assim, um dia intenso em Fraternidade e em nível regional.

Gratos a Deus pelo dom da vida e vocação, pedimos sua benção para todas as nossas Fraternidades, para que sob a ação do Espírito Santo, cada uma delas possam perseverar no anúncio do Reino de Deus.

Fraternalmente,

Frei Alef Henrique Pavini, OFM

Santuário Nossa Sra. Aparecida de Olímpia/SP, reuniu milhares de fiéis na visita de Nossa Senhora do Mel

O Santuário Nossa Senhora Aparecida, em Olímpia/SP, viveu momentos inesquecíveis neste último domingo (29). A igreja conhecida pelas suas abençoadas celebrações e já acostumada com grandes aglomerações de fiéis em suas solenidades, recebeu mais de 5 mil pessoas para visitação a Nossa Senhora do Mel.

A imagem milagrosa de Nossa Senhora de Fátima, que há 29 anos verte mel, sal e azeite, ficou exposta no Santuário das 7h as 21h. Seis horários de missa, celebrações de terço e muitas orações foram realizadas em devoção a Santa como agradecimento aos milagres alcançados.

Nossa Senhora do Mel visita as paróquias católicas desde 1993. A história da Santa registra que a paulistana Lilian Aparecida ficou muito triste quando a imagem que tinha de Nossa Senhora de Fátima, de quem era muito devota, quebrou. Ela morava em Mirassol, no interior de São Paulo, e tinha o costume de rezar o Rosário diante da imagem todo dia 13 de cada mês. Uma vizinha, que estava de viagem marcada para Portugal, trouxe de Fátima outra imagem de Nossa Senhora para presentear Lilian.

Dois anos depois, no dia 13 de maio, Lilian percebeu que sua imagem vertia lágrimas. Ela enxugou, mas elas não paravam de cair. O fato foi testemunhado por outras mulheres que rezavam com ela. Posteriormente, a imagem foi transferida para a Igreja de São José e Santa Teresinha; e passou a expelir sal. No dia 22 de maio de 1993, o sal se transformou em mel. Com isso, ela ficou conhecida como Nossa Senhora do Mel.

Uma análise feita em laboratório comprovou que o mel vertido pela imagem de Nossa Senhora de Fátima não existe no Planeta. Para o pároco e reitor do Santuário, Frei Lucas Lisi Rodrigues, OFM, receber a visita da imagem é deslumbrar de um momento sublime de fé, na certeza que ninguém explica os mistérios de Deus.

Os fiéis que vieram de várias cidades da região e estiveram na igreja, não continham a emoção ao ver o mistério do mel e do sal sendo vertido pelos olhos da imagem. Ao final das celebrações foi distribuído um potinho com um pouquinho de mel para cada família. Uma nova visita ao Santuário Nossa Senhora Aparecida em Olímpia/SP, está prevista no dia 09 de outubro para veneração a Santa.

Fraternalmente,

PASCOM – Santuário (Olímpia/SP)

13 de maio: Um misto de emoção, afeto e veneração pela padroeira, fiéis de Uberlândia/MG celebram seu dia e festejam em comunidade

Retomamos na Paróquia Nossa Sra. de Fátima de Uberlândia/MG, neste mês de maio, a tradição das festividades em louvor à nossa padroeira, buscando resgatar e alimentar a esperança de novos tempos para os todos fiéis.

Além de toda a a preparação, no dia 13, dia da solenidade, houve a Celebração eucarística em três horários, sendo todos eles bem participado. As missas foram presididas pelo nosso pároco, Frei Joaquim Camilo Alves, OFM e nosso vigário paroquial, Frei Leandro José Sanches, OFM.

Na última celebração do dia, aconteceu a coroação de Nossa Sra. de Fátima, contando com a participação das bailarinas do projeto de aulas de ballet de nossa paróquia, além de todo o povo de Deus reunido para vivenciar este momento.

Também mencionamos que durante todo o mês de maio, está acontecendo aos finais de semana, a tradicional festa/quermesse de nossa paróquia. Os frades e toda a comunidade se alegra por retomar esta linda oportunidade de reunir a comunidade, vivenciar este momento ímpar na história de nossa paróquia.

A quermesse conta com barraquinhas para a venda de comidas típicas, bem como apresentação do Grupo de Seresta “Amigos para Sempre da Paróquia”. As festividades continuarão até o último final de semana deste mês (maio).

Rogamos a Virgem de Fátima que olhe por nossa comunidade, bem como por todo o povo de Deus, para que possam sempre perseverar no serviço e no amor, como o próprio Cristo nos ensinou.

Fraternalmente,

Luciana Parreira Santos (PASCOM – Uberlândia/MG)

13 de maio: Fiéis celebram com fé e devoção a solenidade da padroeira em Marília/SP

Durante os dias 04 e 13 de maio, a Fraternidade Franciscana e fiéis da Paróquia Nossa Sra. de Fátima de Marília/SP, estiveram empenhados em vivenciar a solenidade de sua padroeira, celebrada no último dia 13.

É uma devoção vinda de Fátima/Portugal, com mais de 100 anos de história, com a aparição aos pastorinhos. Repleta de devoção, também foi celebrada com muito fé em nossa paróquia, localizada no bairro Fragata, em Marília/SP.

Foram dias intensos e contou com a presença de frades e padres para colaborar nos festejos. A cada dia uma temática, a saber:

  • 1º DIA: “Eu sou o pão da vida!” (Jo 6, 35)
  • 2º DIA: “Todos serão discípulos de Deus!” (Jo 6, 45)
  • 3º DIA: “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem vida eterna!” (Jo 6, 54)
  • 4º DIA: “A quem iremos Senhor? Tu tens palavras de vida eterna!” (Jo 6, 68)
  • 5º DIA: “Eu e o Pai somos um!” (Jo 10, 30)
  • 6º DIA: “Eu vim para que tenham vida e tenham em abundância!” (Jo 10, 10)
  • 7º DIA: “As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim” (Jo 10, 25)
  • 8º DIA: “Eu não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo” (Jo 12, 47)
  • 9º DIA: “Quem recebe aquele que eu enviar, recebe a mim!” (Jo 13, 20)

Começamos por rezar o Santo Terço durante os nove dias de novena, antes da celebração eucarística, motivados a rezar como Nossa Senhora havia pedido aos pastorinhos, contendo uma reflexão em cada mistério e no final do terço, a Missa com a temática proposta. Houve também um arco para as preces dos fiéis.

No dia 13, dia da padroeira, logo pela manhã tivemos a Santa Missa às 7h. Às 10h ocorreu a carreata com a imagem de Nossa Senhora de Fátima, abençoando os hospitais e a Comunidade Santa Clara; e no final teve a bênção dos carros. Ao meio dia, houve a oração do Santo Terço e às 15h, a celebração eucarística dedicada aos enfermos.

À noite realizamos a procissão luminosa, saindo da praça em frente ao Colégio Integração e caminhamos até a paróquia. Terminada a celebração solene de Nossa Sra. de Fátima, aconteceu a Festa em louvor a Padroeira, com venda de comidas, bebidas; carregadas de alegria e fraternidade.

Rogamos a Virgem de Fátima que olhe por nossa comunidade, bem como por todo o povo de Deus, para que possam sempre perseverar no serviço e no amor, como o próprio Cristo nos ensinou.

Frei Paulo Henrique Castro Souza, OFM

13 de maio: Emoção, fé e amor, marcam os fiéis da Paróquia Nossa Sra. de Fátima de Araguari/MG

É com alegria que a comunidade de fiéis da nossa Paróquia Nossa Sra. de Fátima de Araguari/MG, retomam os festejos e celebrações em honra à sua padroeira, celebrada no último dia 13 de maio.

Depois de 2 anos de espera e sem poder reunir a multidão de fiéis à Nossa Senhora de Fátima, esse ano foi possível. “Não tenham medo”… Essas palavras dirigidas pela Virgem Maria aos 3 pastorinhos, foram a força para superarmos todos os obstáculos e consolo para seguirmos em frente rumo a volta da grande festa de maio.

Foram retomadas as novenas às 19h e as famosas barraquinhas com o tradicional bingão esperado por muitos. As barraquinhas aconteceram do dia 04 a 07 e de 12 a 15 de maio. No dia das mães, tivemos ao invés das barraquinhas, o evento: “Doce de Mãe”, um festival de tortas doadas e vendidas logo após a celebração eucarística das 9h, sendo este o segundo ano que acontece.

Durante os 9 dias da novena, foram vividos momentos de muita emoção, fé e demonstrações de amor a Mãe de Fátima. Presididas por queridos frades e sacerdotes da nossa região e da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

  • 1º DIA: Frei Manoel – “Nossa Senhora e a ressurreição do Senhor”
  • 2º DIA: Frei Filomeno – “Nossa Senhora fonte de luz”
  • 3º DIA: Padre Adão – “Nossa Senhora do cenáculo”
  • 4º DIA: Frei Fernando – “Nossa Senhora e a perseverança”
  • 5º DIA: Frei Mauro – “Nossa Senhora e a fidelidade”
  • 6º DIA: Frei Lucas Lisi – “Nossa Senhora e o serviço”
  • 7º DIA: Frei Joaquim – “Nossa Senhora, a alegria da esperança”
  • 8º DIA: Frei Antônio Carlos – “Nossa Senhora, do diálogo brota o sim”
  • 9º DIA: Frei Ezimar – “Nossa Senhora e a Sabedoria”

No dia 13, dia da grande festa, a temática foi: “Fátima nossa mãe”; sob a presidência do pároco, Frei Mauro Luiz de Oliveira, OFM, às 19h. Neste dia também houve celebração às 7h e 15h. As 12h a comunidade se uniu para a oração do Santo Terço.

O encerramento da novena contou com uma multidão de fiéis que participaram da celebração, seguida da coroação e procissão das luzes, ápice da nossa fé em Maria. Um verdadeiro sentimento de volta, de alegria e de retorno à casa da mãe para celebrar o seu dia, um tempo de espera e de angústia que foi superado e confiado à ela que disse: “Não tenham medo!”

Pároco da Paróquia Nossa Sra. de Fátima de Araguari/MG, Frei Mauro Luiz de Oliveira, OFM

A festa continua com a confraternização nas barraquinhas, regada a deliciosas comidas e bebidas, leilões e bingos. Tem o seu encerramento neste domingo (15), logo após a Santa Missa das 19h.

Rogamos a Virgem de Fátima que olhe por nossa comunidade, bem como por todo o povo de Deus, para que possam sempre perseverar no serviço e no amor, como o próprio Cristo nos ensinou.

Fraternalmente,

PASCOM – Araguari/MG

SAV e Irmãs Franciscanas: “Maria, modelo de vocacionada”, foi a temática do Bate-Papo Vocacional deste sábado (07)

Na tarde deste sábado (07), aconteceu o “Bate-Papo Vocacional” de maneira remota, via google meet. Uma iniciativa do SAV (Serviço de Animação Vocacional) de nossa Custódia, em conjunto com as Irmãs Franciscanas da Penitência e as Irmãs Pequenas Missionárias Eucarísticas, promovido a todos(as) os(as) jovens vocacionados(as).

O objetivo do encontro, além da formação com temática mariana, foi partilhar um pouco do carisma franciscano nas suas mais variadas vertentes, possibilitando aos jovens (rapazes e moças) conhecer um pouco mais sobre a nossa vida, bem como tirar dúvidas referentes aos institutos, congregações e ordens.

O Bate-Papo Vocacional contou com a presença dos frades do SAV Custodial; das irmãs responsáveis pelo SAV de ambas as congregações e dos jovens dos mais variados lugares, dos quais nossa Custódia e as congregações das irmãs abrangem. Como fio condutor, o encontro teve como tema: “Maria, modelo de vocacionada”.

Agradecemos a Deus pelo dom das vocações e pedimos vossas orações para todos os religiosos e religiosas. Que Maria, nossa mãe, nos ajude a sermos fiéis aos seu filho Jesus! Rezemos também por estes jovens vocacionados, para que saibam discernir e escutar a vontade de Deus para as suas vidas, assim como Maria fez com maestria.

PAZ e BEM…

Equipe de Comunicação

Santuário Nossa Sra. Aparecida de Olímpia/SP, celebrará Mês Mariano com variadas atividades

Imagem Ilustrativa (Fonte): PASCOM – Olímpia/SP

O mês de maio, conhecido também entre os católicos como mês Mariano, dedicado exclusivamente à Maria, a mãe de Jesus, será celebrado com diversas atividades no Santuário Nossa Senhora Aparecida em Olímpia/SP.

Os frades franciscanos e toda comunidade paroquial, pelo segundo ano consecutivo, depois que a igreja foi elevada a santuário diocesano, está organizando uma programação com missas votivas, celebrações, romarias, bençãos e confissões, durante todo mês.

Os fiéis e devotos de Olímpia e região, podem organizar seus grupos e familiares, para vir ao encontro da mãe e realizar os pagamentos de promessas, os pedidos no fitário e a evangelização mariana junto ao santuário, que tem recebido milhares de fiéis, com testemunho de fé, milagres e graças alcançadas.

Maria que é muita amada pelos cristãos por toda sua história e exemplo de mãe, será também homenageada com terços, oferta de flores, cânticos, coroação e orações especiais. Na sexta-feira dia 13 de maio, a partir das 18h30 haverá uma carreata para receber a imagem de Nossa Senhora de Fátima, da rotatória da APAE com trajeto até o santuário para a missa votiva as 19h30, seguida de procissão luminosa em veneração a santa.

O santuário trabalhará todos os finais de semana, de 07 a 29 de maio, um tema de reflexão e benção para as crianças, os jovens, as famílias e os enfermos. Barraca de quitutes com venda de pastel na praça, aos sábados das 18h30 as 20h30 e venda de artigos religiosos, também estarão a disposição da comunidade.

As romarias acontecerão todos os sábados das 8h as 12h na praça da igreja, com motivação franciscana e benção dos freis. A oração Regina Coeli (em honra a Rainha do Céu), acontecerá presencialmente todos os dias do mês as 12h na igreja e será transmitida pelas redes sociais do santuário. No mês mariano, a intercessão da Virgem Maria, como mãe que não desampara seus filhos, é fonte de inspiração para muitos devotos.


PROGRAMAÇÃO


PASCOM – Santuário (Olímpia/SP)

Papa pede aos jovens que sigam Maria na escuta, coragem e serviço

Andressa Collet (Vatican News)

“Ao falar sobre a família, quero começar por me dirigir primeiro aos jovens”, inicia Francisco na mensagem em vídeo do mês de maio com a intenção de oração que o Pontífice confia à Igreja Católica através da Rede Mundial de Oração do Papa. Ele pede para rezar pela fé dos jovens e cita Maria como modelo para poder se identificar na “coragem, escuta e dedicação ao serviço”:

“Ela foi corajosa e determinada em dizer ‘sim’ ao Senhor. Vocês, os jovens que querem construir algo novo, um mundo melhor, sigam o seu exemplo, arrisquem-se. Não se esqueçam que para seguir Maria precisam discernir e descobrir o que Jesus quer de vocês, e não o que vocês pensam que podem fazer.”

A importância de ouvir os avós

E, nesse discernimento, alerta o Papa, além do exemplo de Maria, “é muito útil escutar as palavras dos avós”. Francisco novamente fala da importância em encontrar na mensagem dos avós “uma sabedoria” que irá levar os jovens para questões que vão além do momento atual, dando “uma visão geral das preocupações”.

No entanto, os jovens também precisam ser mais escutados. “Precisamos criar mais espaços onde a voz dos jovens possa ser ouvida”, Francisco escreve na exortação Christus vivit. Esse pedido do Pontífice já foi acolhido em 2019 pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, ao criar um organismo internacional para representar os jovens a fim de encorajar a participação e a corresponsabilidade nas Igrejas particulares. E é precisamente em colaboração com esse dicastério que o Vídeo do Papa de maio foi produzido: o primeiro de uma série de três, com intenções de oração que serão dedicadas à família, em junho, e aos idosos, em julho.

Maria e a JMJ Lisboa

O exemplo de Maria para os jovens, indicado pelo Papa Francisco no vídeo, é sublinhado pelo Padre João Chagas, responsável pelo Setor Jovens do Dicastério para os Leigos, Família e Vida, ao lembrar que “o tema da próxima Jornada Mundial da Juventude, a JMJ Lisboa 2023, será mariano: ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ (Lc 1, 39). Toda a viagem de preparação para este evento é um convite aos jovens para se erguerem e ajudarem o mundo a fazê-lo. Na sua última mensagem aos jovens, o Santo Padre fez o seguinte convite: ‘ajudemo-nos mutuamente a erguer-nos juntos, e neste momento histórico difícil seremos profetas de novos tempos, cheios de esperança. Que a Virgem Maria interceda por nós’ (Papa Francisco, Mensagem para a XXXVI JMJ)”.

O Pe. Frédéric Fornos, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, obra pontifícia que conta com uma seção juvenil, o Movimento Eucarístico Jovem, recordou que desde o início do seu pontificado, o Papa Francisco tem sublinhado a importância de um novo entendimento entre as gerações, em particular entre avós e netos. Ele comentou: “Não é por acaso que Francisco gosta frequentemente de recordar o profeta Joel: ‘Depois disto, derramarei o meu espírito sobre cada homem, e os vossos filhos e as vossas filhas tornar-se-ão profetas; os vossos anciãos terão sonhos, os vossos jovens terão visões’ (Joel 3,1; cf. Atos 2,17). Com a intenção de oração deste mês, no contexto do processo sinodal, o Papa Francisco lança luz sobre a formação dos jovens no discernimento: como podemos ajudar os jovens, seguindo o estilo de Maria, a ouvir, a discernir, a reconhecer os apelos do Senhor e a servir no mundo de hoje? Este é certamente o papel dos idosos, que podem ajudar os jovens nesta tarefa. Rezemos juntos por esta intenção de oração”, como exorta o Papa:

“Rezemos, irmãs e irmãos, para que os jovens, chamados a uma vida plena, descubram em Maria o estilo de escuta, a profundidade do discernimento, a coragem da fé e a dedicação ao serviço.”

Fonte: Vatican News