Frades de Profissão Temporária participam da Semana Interprovincial de Formação Franciscana

Aconteceu durante esta semana (17 a 21 de janeiro de 2022), a “Semana Interprovincial de Formação Franciscana”, destinada aos frades de profissão temporária das seguintes entidades: Província Santa Cruz (MG), Província do Santíssimo Nome de Jesus do Brasil (GO, TO e DF), Custódia Franciscana das Sete Alegrias de Nossa Senhora (MT e MS) e da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

Este encontro teve por objetivo estudar e aprofundar assuntos acerca da Espiritualidade Franciscana, além de uma maior integração dos frades das entidades acima referida, estreitando os laços fraternos.

A “Semana Interprovincial de Formação Franciscana” era para ter acontecido de maneira presencial, no Convento Santa Maria dos Anjos de Franca/SP. Contudo, devido ao grande aumento dos casos de COVID-19, a organização achou por bem realizá-la de maneira remota (online).

Imagem (Fonte): Captura de Tela (Meet) – Frei Aldir Crocoli, OFMCap, em um dos momentos da formação.

A Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus foi a anfitriã da formação e convidou o Frei Aldir Crocoli, OFMCap, da Província Capuchinha do Rio Grande do Sul, que é Doutor em Franciscanismo. Durante esta semana, Frei Aldir, OFMCap, trabalhou e aprofundou de forma dinâmica, os capítulos 1, 7, 9 e 14 da Regra não-Bulada.

Foi possível perceber através deste estudo orientado por Frei Aldir, OFMCap, a grande riqueza desta regra, e que nas maioria das vezes, acabamos por ler sem realizar o devido aprofundamento. O estudo contribuiu para aprofundarmos o nosso conhecimento acerca da Cristologia Franciscana, bem como sobre a importância do conhecermos afundo a forma de vida em que nós, frades, escolhemos de livre e espontânea vontade viver, seguindo assim, os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Imagem (Fonte): Captura de Tela (Meet) – Frei Aldir Crocoli, OFMCap, durante os agradecimentos.

Os temas abortados por Frei Aldir, OFMCap, nos provocou a uma reflexão que é impossível não levá-la para o nosso cotidiano, como frades menores, seja em relação a convivência fraterna junto dos nos irmãos da Ordem ou junto com o povo de Deus. Assim sendo, agradecemos a Deus por tal dádiva e rogamos a Ele que continue abençoando este exímio frade, Frei Aldir, OFMCap, por nos conduzir com maestria durante os estudos desta semana. Que Deus nos dê a graça da santa perseverança!

Frei Douglas Brito Ribeiro Atanazio de Sousa, OFM (Custódia Franciscana das Sete Alegrias de Nossa Senhora – MT e MS)

Noviços professam os primeiros votos em Catalão/GO

No dia em que a Igreja celebra a Festa do Santíssimo Nome de Jesus, 03 de janeiro, doze noviços (7 da Província do Santíssimo Nome de Jesus do Brasil – GO/TO e DF, 4 da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus – SP/MG e 1 da Custódia Franciscana das Sete Alegrias de Nossa Senhora) professaram seus primeiros Votos Religiosos de obediência, sem nada de próprio e em castidade na Paróquia Mãe de Deus, em Catalão/GO.

Para ser um Frade Franciscano é preciso sentir a vocação, ou seja, sentir-se chamado por Deus a trilhar um percurso que te interpela a uma vivência em fraternidade e, com outros vocacionados; abraçar uma vida em comum e consagração a Deus no serviço a Igreja e ao Povo. É uma forma também de confirmar teu batismo de modo mais profundo. Esta vida deve configurar-se na pessoa de Jesus, tendo os Evangelhos como instrumento vivo e atual, e São Francisco como inspirador de uma espiritualidade que te faz sentir e te alimenta nessa experiência vocacional.

Ser Frade é estar ao serviço dos menores e excluídos da sociedade e ir de encontro as periferias existenciais e locais, lá onde estão as dores físicas, sentimentais e sociais. É ser um com todos, é ser irmão, onde possam construir um reino de justiça, equidade e bem-comum. E nessa certeza evangélica, abraçar um projeto que faça vencer o ódio, a fome, a violência, o genocídio, uma pandemia, um sistema que fere e mata, pois ser frade é querer e desejar do fundo do coração um mundo de amor.


Frades da Custódia, que professaram os primeiros votos:


Esse é um pouco do objetivo principal de ser um franciscano, além dos estudos, trabalhos, missões, serviços e ministérios confiados a cada vocacionado que deseja se lançar nessa vida. E isso foi o desejo de cada noviço que professaram seus votos. Uma etapa experimentada em suas vidas de muitas outras que virão. O noviciado é uma experiência de vida conventual e fraterna que são vividas durante um ano, que ao seu término, com satisfação e alegria, dão a cada um sentimentos particulares que os fazem olhar o mundo no modo de Cristo e de São Francisco.

Que cada neo-professo seja uma gota da graça de Deus e espalhem com fé e alegria a paz e o bem a todos os homens e mulheres por Deus amado.

PAZ e BEM!

Frei Suelton Costa de Oliveira, OFM

11 jovens são revestidos com o Hábito Franciscano no Noviciado Comum, em Catalão/GO

Na manhã desta segunda-feira, 03 de janeiro de 2022, 11 jovens foram admitidos ao ano de provação no Noviciado Comum, em Catalão, no Estado de Goiás.

Há 20 anos o noviciado acontece de forma “comum” entre três entidades da Ordem dos Frades Menores no Brasil: Província do Santíssimo Nome de Jesus (GO, TO e DF), Custódia Franciscana das Sete Alegrias de Nossa Senhora (MT e MS) e a Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus (SP e MG).

Estes jovens, após realizarem a caminhada formativa própria de suas entidades, pediram para serem admitidos ao ano de “Provação”, como tradicionalmente é chamado o ano de noviciado em nossa ordem.

Os noviços da nossa Custódia são:

Custódio com os três noviços | Da esquerda para a direita: Frei Luiz Carlos, OFM, Frei Fernando Ap. dos Santos, OFM (Custódio), Frei Jarder Rodrigues, OFM e Frei André Felipe, OFM

Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus (SP e MG)

  • Frei André Felipe Pereira Martins, OFM
  • Frei Jarder Rodrigues Leite, OFM
  • Frei Luiz Carlos da Silva Pinto, OFM

Além dos que pertencem a nossa Custódia, também foram admitidos os seguintes jovens:

Custódia Franciscana das Sete Alegrias de Nossa Senhora (MT e MS)

  • Frei João Pedro Gall Macena, OFM

Província do Santíssimo Nome de Jesus do Brasil (GO, TO e DF)

  • Frei Carlos Antônio Sartim, OFM
  • Frei Daniel Ferreria de Amorim Mendes, OFM
  • Frei Elias Maurício dos Santos Ferreira, OFM
  • Frei José Augusto Lemos Moraes Pires, OFM
  • Frei Matheus Pereira Souza, OFM
  • Frei Natanael Carvalho Amorim, OFM
  • Frei Pedro Rodrigues dos Santos, OFM
Todos os frades da Província do Santíssimo Nome de Jesus do Brasil (GO, TO e DF), da Custódia Franciscana das Sete Alegrias de Nossa Senhora (MT e MS) e de nossa Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus (SP e MG) que estiveram presentes na vestição dos novos noviços, turma 2022.

Deus dê a estes nossos irmãos, a graça de uma caminhada frutuosa e um bom discernimento.

Fraternalmente,

Frei Lucas de Oliveira Santos, OFM