Paróquia Nossa Sra. Aparecida de Olímpia/SP é elevada a Santuário Diocesano no dia de sua padroeira

Imagem (Fonte): PASCOM – Olímpia/SP

Muita fé e devoção marcaram ontem (12), a Elevação da Paróquia Nossa Senhora Aparecida a Santuário Diocesano. A elevação reuniu muitos fiéis ao longo do dia, onde puderam vivenciar sua devoção a Mãe Aparecida.

As festividades teve início com a missa da alvorada as 0h, celebrada por Frei Lucas Lisi Rodrigues, OFM, pároco da Igreja e agora reitor do Santuário. Ao longo do dia, outras oito celebrações foram realizadas. As 19h30 aconteceu a missa de Elevação, sendo presidida pelo Bispo Diocesano de Barretos/SP, Dom Milton Kenan Junior, que agradeceu a conquista, enfatizando o trabalho incansável de evangelização e ações sociais dos frades franciscanos junto à comunidade paroquial.

Imagem (Fonte): PASCOM – Olímpia/SP

As 6h mais de 300 ciclistas, reunidos na frente do Convento São Boaventura, participaram do 2º Pedal da Fé. Os ciclistas pedalaram até o bairro de Álvora, retornando para a praça da Matriz onde foram recebidos e abençoados. As 8h aconteceu também a 2ª Cavalgada da fé. O trajeto que reuniu 100 cavaleiros, saiu do Matadouro, percorrendo as ruas da cidade e chegando ao Santuário em ritmo de oração. As 13h houve também a carreata pela cidade e benção de veículos.

Do lado externo da Igreja, os fiéis encontravam várias formas para agradecer e manifestar sua fé. Cantinho da Promessa, Arco da Fé, Velário, Fitário, apresentação de teatros, coreografia do Hino do Santuário foram alguns dos destaques para os devotos. Foram montadas barracas para bençãos e confissões, onde os Freis realizaram atendimento ao longo de todo o dia. As missas foram transmitidas por telões na praça da igreja e pelas redes sociais do Santuário.

O Prefeito da Estância Turística de Olímpia, Fernando Cunha, devoto de Nossa Senhora Aparecida, participou da cerimônia que marca o Turismo Religioso na cidade. O ato de descerramento da placa de elevação, colocada no interior da igreja, contou com participação do Prefeito Fernando Cunha, do Bispo Diocesano Dom Milton, do Reitor do Santuário Frei Lucas e do Custódio, Frei Fernando.

Imagem (Fonte): PASCOM – Olímpia/SP

Como comunidade, somos gratos a Deus pela graça que recebemos: ver a Igrejinha se tornar um Santuário! Que a Virgem Aparecida continue nos fortalecendo e ajudando neste caminhada de cristão. 

PASCOM – Olímpia/SP

Paróquia Nossa Sra. Aparecida de Olímpia/SP será elevada a Santuário Diocesano na noite de hoje

Imagem (Fonte): PASCOM – Olímpia/SP

Na noite de hoje (12), dia de Nossa Senhora Aparecida (Padroeira do Brasil), a nossa Custódia se rejubila com a Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Olímpia/SP, pois a mesma será elevada a Santuário Diocesano.

Presidida pelo Bispo Diocesano de Barretos/SP, Dom Milton Kenan Júnior, a celebração acontecerá às 19h30, contando com a presença de vários frades, religiosos, padres e todo o povo de Deus.

Imagem (Fonte): PASCOM – Olímpia/SP

Pertencente a Diocese de Barretos/SP e construída sobre o antigo cemitério da cidade, a paróquia foi fundada no ano de 1958 pelos Frades Franciscanos e é conhecida pelos moradores locais como “Igrejinha”.

Por estar situada em uma cidade turística, os visitantes são atraídos pela beleza e estética desta igreja, cujo formato é de uma cruz e que tem o seu presbitério e altar feito todo em mármore. Em suas paredes existem belas pinturas que também chamam a atenção dos turistas. Todas elas são obras do “Dakinho”, artista olimpiense.

Imagem (Fonte): Diário da Região

Em conversa com a nossa equipe de comunicação, o pároco e futuro reitor, Frei Lucas Lisi Rodrigues, OFM, apresentou um pouco da estrutura e programação deste dia festivo: “Mesmo que de maneira improvisada e ainda aprendendo, estamos criando um ambiente de santuário, onde os romeiros e filhos de Nossa Senhora já podem visitar, em especial a sala das promessas, o fitário e o velário. Durante todo o dia haverá missas e atendimento de confissões, bem como um momento de benção dos carros. Também acontecerá o 2º Pedal da Fé e a 2ª Cavalgada, dentre outros momentos para bem comemoramos o dia da Mãe Aparecida!”


Acompanhe a programação:

Imagem (Fonte): PASCOM – Olímpia/SP

Rogamos a Mãe Aparecida que interceda por todo o povo brasileiro, e neste dia em especial, por todos os olimpienses que logo mais, verão a amada “Igrejinha” ser elevada a Santuário Diocesano. Assim concluiu o frade: “O que hoje estamos vivenciando, é fruto de uma comunidade viva, fruto do trabalho de todo o povo de Deus. Que Deus abençoe a todos!”.

Fraternalmente,

Equipe de Comunicação


Conheça a música tema do “Santuário Nossa Senhora Aparecida” de Olímpia/SP

Educandário Santo Antônio de Bebedouro/SP elege nova diretoria (2021-2023)

Realizada na noite de segunda-feira, 20 de setembro, na sede do Educandário, a assembleia de eleição e posse da Diretoria do Educandário para o biênio 2021-2023 foi conduzida pelo Frei Fernando Aparecido dos Santos, atual Custódio da Custódia do Sagrado Coração de Jesus e pelo reeleito Presidente do Educandário, Mario Luiz Ribeiro, além da presença de funcionários e equipe gestora.

A acolhida foi conduzida pelo Frei Everton Leandro Piotto e ao decorrer da assembleia ocorreram agradecimentos, apresentação de resultados, conquistas, dificuldades e desafios enfrentados, sobretudo diante da pandemia.

Com muito carinho e alegria agradecemos a todos os voluntários da antiga e da nova Diretoria Estatutária. Neste novo ciclo que se inicia, rogamos a Deus que continue iluminando o Educandário e sua nobre missão junto às 275 crianças e adolescentes, à luz do carisma franciscano.

Fonte: Educandário Santo Antônio de Bebedouro/SP


Veja como ficou composta a nova Diretoria e o Conselho Fiscal

DIRETORIA

Presidente: Mário Luiz Ribeiro

Vice – Presidente: Márcia Heloísa Iquegami

Primeiro Diretor Tesoureiro: Luís Carlos de Freitas

Segundo Diretor Tesoureiro: Débora Carla Domingues do Carmo

Primeiro Diretor Secretário: Lúcia Helena Cassiano Michelon

Segundo Diretor Secretário: Ana Sílvia Barbon Cipoli

Primeiro Diretor de Patrimônio: Glauter Machado

Segundo Diretor de Patrimônio: Murillo Ricardo Lombardo Poletto

Primeira Diretora de Voluntariado: Regina Célia Frota Boggio

Segunda Diretora de Voluntariado: Patrícia Caldas Tourinho Maio Fernandes

Primeiro Diretor de Eventos: Fernando Boldrini

Segundo Diretor de Eventos: Sérgio Iwao Sakomura

Primeiro Diretor Social: Antônio Carlos Costa Limão

Segundo Diretor Social: Nathália Melo Quintella Belizário

Frades Franciscanos: Frei Fernando Aparecido dos Santos, Frei Nivaldo Pasqualim e Frei Everton Leandro Piotto


CONSELHO FISCAL

Membros Efetivos: Sérgio de Jesus Marangoni, Mateus Guilherme Chiarotti e Rafael Mello Luciano da Silva.

Membros Suplentes: Murillo José Forte, Sônia Stabile de Souza e Luís Antônio Nogueira.

Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Olímpia/SP será elevada a Santuário Diocesano

Imagem aérea da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Olímpia/SP, pertencente a Diocese de Barretos/SP

A Matriz de Nossa Senhora Aparecida, fundada em Olímpia/SP em meados de 1940 e transformada em Paróquia em 1958, será elevada a Santuário Diocesano no próximo dia 12 de outubro.

O anúncio oficial aconteceu pelo Bispo Diocesano Dom Milton Kenan Júnior na última reunião do clero, após visita paroquial e aprovação do conselho de presbíteros.

A decisão de elevar a Igreja a Santuário é decorrente do incansável trabalho de evangelização, realizado pelos frades franciscanos que desde a vinda dos freis italianos a mais de 60 anos, comunicam e preparam com alegria e fé o povo de Deus.

Nos últimos três anos, o projeto se fortaleceu e Dom Milton solicitou aos frades que já fossem moldando a paróquia para ser um Santuário.

Para o pároco Frei Lucas Lisi Rodrigues, essa elevação é um marco no seu ministério sacerdotal. “Com a graça de Deus estou vivendo um momento marcante na vida de Olímpia e de nossa paróquia. Saber que como pároco, idealizei um sonho que foi concretizado desde a chegada dos primeiros freis em nossa cidade, é motivo de alegria.

Um sentimento de missão cumprida.”O novo Santuário será um sinal de esperança para o povo. Sinal de consolo, conforto, alegria e solidariedade fraterna. São muitos os fiéis que encontram na Mãe Aparecida inúmeros motivos de devoção e fé.

O local espera receber romeiros e devotos, que em peregrinações buscam no Santuário, pagamento de promessas, bençãos, celebrações, confissões e gestos de fé e caridade.

Conhecida carinhosamente como “Igrejinha”, a Paróquia foi erguida em terreno santo, no antigo cemitério da cidade. Admirada pela sua beleza, tem sua estrutura em formato de cruz, altar todo em mármore e pinturas nas paredes internas, feitas pelo artista olimpiense Dakinho, que ordena em sequência cronológica o projeto amoroso de Deus para a vida de Nossa Senhora Aparecida.

Hoje, a igreja se destaca pelo o amplo trabalho, pelas devoções, pelas missas diárias, pelos atendimentos sociais, por pastorais atuantes junto as missões populares.

Fonte: Diário de Olímpia/SP

Lideranças jovens das nossas frentes de evangelização se reúnem com o SAV Custodial e Irmãs Franciscanas

O carisma franciscano é viver o Evangelho na fraternidade e no desejo de atualizar o projeto de Deus na vida e na realidade onde estamos. Por isso, cabe a cada um de nós o passo necessário para garantir uma sociedade e uma Igreja de irmãos. Assim, unidos como frades e irmãs que vivem o carisma franciscano, o Serviço de Animação Vocacional deu mais um passo na proximidade com nossas juventudes.

Depois de ouvirmos suas expectativas, frustrações e alegrias, fizemos nesse domingo, 12 de setembro, mais um encontro para partilhar a vida franciscana e programar as atividades que teremos com as juventudes onde estamos presentes como franciscanos e franciscanas.

Participaram desse momento os frades animadores vocacionais da nossa Custódia, as animadoras vocacionais das Irmãs Franciscanas da Penitência, Irmãs Pequenas Missionárias Eucarística, Irmãs Franciscanas de Cristo Rei e os coordenadores de cada grupo de jovens onde estamos presentes, os frades e as irmãs.

A intenção é assumirmos o chamado do papa Francisco para perceber que a Juventude “é o agora de Deus” e por isso podemos caminhar juntos no processo de despertar, discernir e acompanhar a vocação desses jovens. A vocação, segundo o papa na exortação apostólica pós-sinodal Christus Vivit, “pode ser entendida em sentido amplo como chamado de Deus. Inclui a chamada à vida, a chamada à amizade com Ele, a chamada à santidade”.

Estamos juntos nessa travessia! Que São Francisco e Santa Clara sejam sempre referências na construção de fraternidade, proximidade, empatia e sobretudo seguimento de Jesus Cristo, construindo a Paz e a Justiça.

Deus nos abençoe e nos faça perseverantes na caminhada!

Fraternalmente,

Frei José Aécio de Oliveira Filho, OFM

Frades de Profissão Temporária se reúnem em Garça/SP para Assembleia

No dia 03 de agosto de 2021, nas dependências da Fraternidade Nossa Senhora de Lourdes, Garça, SP e do Patronato Juvenil Garcense, deu-se início a XXVI Assembleia dos Frades de Profissão Temporária, com o tema “Somente identificando-se com os últimos, é que se chega a ser irmão de todos!” (FT nº 287). Estão presentes Frei Cristiano Nobre, OFM, residente na fraternidade de Marília/SP, Frei Lucas de Oliveira, OFM e Frei João Paulo Gabriel, OFM, residentes na fraternidade de Garça/SP e Frei Suelton Costa, OFM, residente na fraternidade de Capaccio/Itália. 

A Assembleia tem por objetivo reunir os frades de profissão temporária e promover a interação e a partilha, e com isso, gerar uma auto-avaliação da caminhada vocacional de cada um, como também o olhar dos frades em relação à instituição custodial, como consta no Artigo primeiro do Estatuto da Assembleia dos Frades de Profissão Temporário:

Art. 1 – A Assembleia dos Professos Temporários se constitui como encontro dos frades de profissão temporária para celebrar, partilhar e avaliar a própria caminhada vocacional, bem como o itinerário formativo da Custódia, visando o seu aperfeiçoamento. (2016, p. 2).

A partir da dinâmica proposta, os participantes têm a oportunidade de discutir sobre sua conduta na caminhada vocacional e formativa contando com a abertura de seus pares, a fim de aprofundar partilhas pertinentes à etapa de formação inicial, com o intuito de somar com a Custódia do Sagrado Coração de Jesus, naquilo que lhe é oportuno. (cfr. CCGG 129, 1-2; Ratio Formationis Franciscanae nº40).

O momento foi iniciado com a presença de Frei Suelton Costa, OFM, de forma remota, o que causou um sentimento de proximidade, uma vez que há cerca de um ano e meio este irmão se lançou na missão italiana.

Na oportunidade, e refletindo o tema deste ano, os frades estão se percebendo diante da caminhada vocacional e buscando seguir o ritmo que a Vida Religiosa Franciscana tem a oferecer, com a intenção sempre de se voltar àqueles mais necessitados, que São Francisco chamou de irmãos.

Com o espírito celebrativo e na intenção de horizontes cada vez mais frutíferos nos territórios e serviços custodiais, os frades reunidos se propõem, até a sexta-feira próxima (06/08), em ritmo de fraternidade, para rezar e criar ainda mais o sentido de pertença à Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

Frei João Paulo Gabriel, OFM

2º Episódio da série realizada pela Fraternidade Missionária de Capaccio/Itália sobre a história do Convento Santo Antônio

Irmãos e irmãs, preparamos uma série de vídeos sobre o Convento Franciscano de Capaccio/Itália dedicado a Santo Antônio de Pádua.

Por isso, convidamos um amigo especial, o professor Caetano Puca, que publicou em 2002 o seu livro “Capaccio e seu Convento Franciscano”.

Acompanhe essa linda série!

Fraternidade – Capaccio/Itália


VÍDEO | 02 – ABERTURA e INTRODUÇÃO

Frei Alef Pavini, OFM é ordenado diácono em Marília/SP

Na noite de ontem, dia 23, a Paróquia Nossa Sra. de Fátima, do Bairro Fragata, em Marília/SP, recebeu a ordenação diaconal do Frei Alef Henrique Pavini, da Ordem dos Frades Menores (OFM).

Com o espaçamento devido e as precauções sanitárias exigidas no momento, o rito, presidido pelo bispo diocesano de Marília/SP, Dom Luiz Antonio Cipolini, reuniu freis, padres, familiares e amigos do novo diácono e também contou com a presença do Frei Fernando Aparecido dos Santos, OFM, Custódio da Custódia Franciscana Sagrado Coração de Jesus.

Em sua homilia, para refletir o ministério diaconal, o bispo de Marília falou da lógica do abaixamento: “somos todos chamados a abaixar-nos, porque Jesus abaixou-se, fez-se servo de todos”. Dom Luiz Antonio ressaltou a espiritualidade do serviço, indicando ao Frei Alef para que tenha em seu ministério a “disponibilidade interior”, dizendo sim ao trabalho eclesial “sem fazer a vida girar em torno da própria agenda”, e também “a abertura exterior olhando para todos, especialmente para aqueles que se sentem excluídos”.

O bispo ainda destacou a dimensão da humildade, para que o frei, como ministro ordenado, não se coloque como “o centro da liturgia”, e também a importância da caridade, a fim de que ajude a comunidade “a ver Jesus nos pobres e nos excluídos que batem à porta e também aos que estão longe”.

PRIMEIRO

Recordando o modo de expressão do povo da Bíblia, Dom Luiz explicou que o nome do Frei Alef tem origem na primeira letra do alfabeto hebraico e dirigindo-se ao frade completou: “que você seja o primeiro, como o teu nome indica, a reconhecer Jesus nos pobres e excluídos, e a fazer d’Ele a tua alegria”. Deus te abençoe!”.

MINISTÉRIO

Todo padre, primeiramente foi ordenado diácono. Assim, o Frei Alef, servindo o povo de Deus na liturgia, na palavra e na caridade (cf. LG, 29), se prepara para a vida sacerdotal com a missão de “administrar solenemente o batismo, conservar e distribuir a Eucaristia, assistir e abençoar o matrimônio em nome da Igreja, levar o Viático aos moribundos, ler a Escritura aos fiéis, instruir e exortar o povo, presidir ao culto e às orações dos fiéis, administrar os sacramentais, oficiar as exéquias e enterros” (LG, 29).

CONSIDERAÇÕES

“Agradeço a Deus e a Jesus Cristo que, pela força do Espírito Santo, me chamam e me convocam à missão”, disse o diácono recém-ordenado que estendeu sua gratidão ao bispo, à fraternidade franciscana local e custodial; e ao povo de Deus. Em seus agradecimentos, Frei Alef se recordou de seus familiares: “agradeço à minha família, berço de minha vocação. Se hoje me consagro definitivamente ao serviço da mesa dos pobres, faço pela catequese inicial que recebi em casa”, afirmou.

“Subir ao altar não significa elevar-se num pedestal, mas abaixar-se para lavar os pés”, finalizou o Frei Fernando, custódio, acolhendo o novo ministro ordenado em nome de todos os frades.

PASCOM (Diocese de Marília/SP)

Imagens: Sandra Braz (Diocese de Marília/SP)

Chega ao término, o “Tríduo Vocacional” em preparação para a Ordenação Diaconal de Frei Alef Pavini, OFM

Na noite de quinta-feira, dia 22 de Julho, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Marília/SP, aconteceu a celebração do 3º dia do Tríduo Vocacional em preparação à Ordenação Diaconal do Frei Alef, OFM, da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

Na ocasião, Frei João Boga, OFM da Fraternidade de Uberaba/MG foi convidado à presidir a celebração eucarística. Junto com ele concelebrou o Frei Joaquim Camilo, OFM e ainda outros confrades

A noite teve como tema: “Vocação Ministerial, proclamar com amor o Senhor ressuscitado”. A homilia foi feita pelo frei Joaquim, OFM discorrendo sobre a temática do Diaconato como serviço de entrega total ao evangelho, dentre os exemplos que trouxe, vale destacar o de Maria Madalena, na celebração de sua memória, aquela que acompanhou de perto o ministério de Jesus até aos pés da cruz, sendo a primeira testemunha da ressureição. Aquela que dando o firme testemunho de fé: “EU VI JESUS!” nos ensina a também dar esse vivo testemunho.

Agradeçamos a Deus por este último dia do tríduo, pela graça da partilha, comunhão e oração, e roguemos a Deus, por intercessão de nossa beatíssima mãe Maria Santíssima e nosso pai Seráfico São Francisco de Assis, que abençoe e conduza os passos deste nosso irmão, Frei Alef, que de forma generosa e alegre se prepara para entregar sua vida ao Serviço do Evangelho pelo Ministério do Diaconato.

PAZ e BEM!

José Carlos (Postulante)

Frei Manoel, OFM: “Cultive a espiritualidade e a constante busca de reinventar-se na medida em que vão surgindo os desafios, neste seguimento de Cristo!”

Na noite de quarta-feira, dia 21 de Julho, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Marília/SP, aconteceu a celebração do 2º dia do Tríduo Vocacional em preparação à Ordenação Diaconal do Frei Alef, OFM, da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

Na ocasião, Frei Manoel Barbosa, OFM da Fraternidade de Araguari/MG foi convidado à presidir a celebração eucarística. Veio com ele o Diácono Lúcio, que desempenha seu ministério ordenado na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Araguari/MG.

A noite teve como tema: “Vocação Religiosa – com alegria semear o amor”, e de forma dinâmica e simples, Frei Manoel ajudou-nos a refletir sobre as alegrias e os desafios da vida consagrada, desde os primeiros anos da formação, bem como o longo tempo de preparação, oração e discernimento que envolve o processo formativo do vocacionado à vida consagrada, e ressaltou também a importância do cultivo da espiritualidade, da oração e da constante busca de reinventar-se na medida em que os desafios do seguimento à Cristo vão surgindo ao longo do caminho.

Agradeçamos a Deus por estes dias de festa, comunhão e oração, e rogamos a Deus, por intercessão de Maria Santíssima e São Francisco de Assis, que abençoe e conduza os passos deste nosso irmão, Frei Alef, que de forma generosa e alegre se prepara para entregar sua vida ao Serviço do Evangelho pelo Ministério do Diaconato.

PAZ e BEM!

Daniel Barreto (Aspirante)